DESTAQUES
Pesquisar

DESTAQUES MUBI: Veja os principais lançamentos da plataforma em Junho

O Fundo do Coração, musical de Francis Ford Coppola, na MUBI a partir de 28/6.
A partir do mês de Junho, a MUBI exibirá especiais e retrospectivas que chegam à seção rotativa NOW SHOWING/EM EXIBIÇÃO da plataforma. A programação traz ainda Alfred Hitchcock, Rainer Werner Fassbinder, Francis Ford Coppola e Henri-Georges Clouzot.
Confira os destaques:
Debuts: uma celebração das primeiras produções de diretores empolgantes
Breves Encontros: novos curtas-metragens de diretores promissores, cineastas ou artistas consagrados

Novos Autores:
 visões diferentes de artistas e cineastas emergentes 
Luminaries: novos filmes de cineastas consagrados e mestres do cinema 
Redescubra: novas restaurações de clássicos, filmes desconhecidos e até obras perdidas
Novas Descobertas: obras corajosas e experimentais, que ultrapassam limites e desafiam o status quo
Visionários: uma pesquisa global sobre narrativas ousadas e perspectivas essenciais do mundo
Foco em Sacha Guitry
A primeira novidade da programação de junho é Foco em Sacha Guitry, cineasta russo radicado na França e que, entre 1935 a 1957, produziu, escreveu, dirigiu e atuou em cerca de 32 filmes. Neste mês, chegam à programação três comédias adaptadas de peças teatrais assinadas por ele, de 1936
O Novo Testamento – 12/6
Faison um Rêve... (Let’s have a dream) – 13/6
O Meu Pai Tinha Razão – 19/6

Em Novas DescobertasNão Pense Que Eu Vou Gritar (25/6), longa de estreia do francês Frank Beauvais, de 2019. O documentário sobre a vida de um homem solitário de 45 anos, na Alsácia, recebeu cinco indicações a premiações, entre elas, melhor documentário no Lumiere Awards, na França, e no Festival de Estocolmo, da Suécia.
O destaque de Novos Autores, disponível a partir de 21/6, apresenta as diretoras canadenses Sofia Bohdanowicz e Deragh Campbell, com o drama MS Slavic 7. Estrelado pela própria Deragh Campbell, como uma jovem que encontra cartas perdidas num arquivo de Harvard, escritas por sua bisavó para um amigo poeta polonês, o longa estreou na 69ª edição do Berlinale – Festival Internacional de Cinema  de Berlim, no ano passado.
No dia 18/6, Estreantes traz O Dia Depois Que Eu Partir, primeiro longa do israelense Nimrod Eldar, de 2019. Destaque da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o drama familiar aborda o relacionamento de um pai de 50 anos com a filha adolescente, em Tel Aviv.
Retrospectiva Straub-Huillet
Jean-Marie Straub e Danièle Huillet compõem uma das parcerias mais importantes da história do cinema. E a MUBI continua a Retrospectiva Straub-Huillet, iniciada em 2019, com a estreia da restauração exclusiva de um dos filmes mais celebrados da década de 1990: o drama Gente da Sicília, no dia 17/6.

Entre outros destaques do mês estão:
  • O Dono da Noite, que consagrou Paul Schrader, estrelado por Susan Sarandon e Willem Dafoe (16/6)
  • Assassinato, o terceiro longa sonoro de Alfred Hitchcock (17/6)
  • O Fundo do Coração, musical de Francis Ford Coppola (28/6)
  • A Terceira Geração, de Rainer Werner Fassbinder, uma comédia irônica que teve sua estreia no Festival de Cannes de 1979 (29/6)
  • O Mistério de Picasso, documentário de Henri-Georges Clouzot, vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes de 1956 (30/6).
Os filmes estarão disponíveis por 30 dias, a partir da data de estreia na MUBI.
> Confira a agenda completa do mês:
1/6 – Breves EncontrosOlla – Ariane Labed (2019) - Estreia da atriz Ariane Labed (O LAGOSTA, ANTES DA MEIA-NOITE) como roteirista e diretora. Dramático e intenso, oferece um novo olhar sobre a erótica feminina.
2/6 – Os Galhofeiros - Victor Heerman (1930) - O famoso Capitão Spaulding acaba de retornar da África. Durante uma festa, um valioso quadro desaparece. O explorador tentará resolver o crime com a ajuda de seus aliados malucos.
3/6 – Girimunho – Helvécio Marins Jr., Clarissa Campolina (2011) - Estreia da dupla de diretores brasileiros Marins Jr. e Clarissa, GIRIMUNHO já foi exibido nos festivais internacionais de Veneza, Toronto e Rotterdam.
4/6 – A Vizinhança do Tigre - Affonso Uchoa (2014) - Grande vencedor da Mostra de Cinema de Tiradentes em 2014 e também exibido na Viennale em 2019, o longa é uma tocante narrativa sobre o cotidiano de quatro jovens no Bairro Nacional, em Contagem, MG.
5/6 – A Proletarian Winter's Tale – Julian Radlmaier (2014) - O primeiro longa de Julian Radlmaier aborda, de forma cômica, a sociedade de classes que vivemos e as formas de ignorar seus limites.
6/6 – As Hiper Mulheres - Carlos Fausto, Leonardo Sette, Takuma Kuikuro (2011) - Com uma abordagem sensível e pessoal, a obra nos leva para dentro da comunidade indígena do Alto Xingu e de seu maior ritual feminino, o Jamurikumalu.
7/6 – Sol Alegria – Tavinho Teixeira (2018) - Pastores ocupam os principais cargos políticos do país, o apocalipse está próximo e uma excêntrica família comete um atentado e se refugia na sede da falange Sol Alegria.
8/6 – Espero a tua (re)volta - Eliza Capai (2019) - Um poderoso retrato do movimento estudantil que ganhou força a partir de 2015 e ocupou escolas estaduais por todo o Brasil.
9/6 – El mar la mar – Joshua Bonnetta, J.P. Sniadecki (2017) - Os perigos dos caminhos que imigrantes mexicanos enfrentam ao atravessar o deserto de Sonora para chegar aos Estados Unidos.
10/6 – E agora? Lembra-me - Joaquim Pinto (2013) - Uma reflexão sobre o tempo e sobre a luta de uma pessoa para continuar vivendo e aproveitando a vida. Conheça a rotina de quem luta há quase 20 anos com HIV e com a hepatite C.
11/6 – Retrospectiva Straub-Huillet: Gente da Sicília – Danièle Huillet, Jean-Marie Straub (1999) - Após 15 anos no Norte da Itália, um homem siciliano retorna à sua terra natal. Vencedor do Critics Award na 23ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.
12/6 – Foco em Sacha Guitry: O Novo Testamento - Sacha Guitry (1936) - Adaptado de uma peça de sua própria autoria, o cineasta dessa vez estrela sua própria comédia em preto e branco.
13/6 – Foco em Sacha Guitry: Faisons un rêve... – Sacha Guitry (1936) - Um marido que acaba de trair sua esposa volta para casa no início da manhã, confuso. Lá, ele encontra, sem saber, o amante de sua esposa, a quem confessa sua infidelidade.
14/6 – Coquetel de Assassinos - Bertrand Blier (1979) - A história de Alphonse Tram, um jovem desempregado. Seu único vizinho é o inspetor-chefe da polícia Morvandieu. Então um terceiro homem aparece, que por acaso é o assassino da falecida esposa de Alphonse.
15/6 – French Dressing – Ken Russell (1964) - Um atendente de espreguiçadeiras no resort à beira-mar de Gormleigh-on-Sea é promovido a oficial de publicidade, após sugerir um festival de cinema para atrair turistas.
16/6 – O Dono da Noite - Paul Schrader (1992) - Em uma narrativa existencial de crise profissional, Willem Dafoe e Susan Sarandon se encontram nesse drama idealizado por Paul Schrader.
17/6 – Assassinato – Alfred Hitchcock (1930) - Baseado na peça "Enter, Sir John" de Clemence Dane e Helen Simpson, foi o terceiro filme sonoro da carreira de Hitchcock e foi escrito em parceria com sua esposa, Alma Reville, e Walter C. Mycroft.
18/6 – Debut: O Dia Depois Que Eu Partir - Nimrod Eldar (2019) - De forma cuidadosa, sensível e emocionante, o primeiro longa do diretor israelense é uma ode aos relacionamentos problemáticos entre pais e filhos.
19/6 – Foco em Sacha Guitry: O Meu Pai Tinha Razão – Sacha Guitry (1936) - Deixado sozinho por sua esposa, Charles Bellanger decide cuidar da educação de seu filho, ensinando-lhe as virtudes do egoísmo, solidão e tudo o que há de errado no casamento.
20/6 – Popeye the Sailor Meets Sindbad the Sailor - Dave Fleischer (1936) -Indicado ao Oscar de Melhor Curta de Animação em 1937, o desenho de 17 minutos traz o famoso personagem da década de 30, Popeye, em mais uma aventura para salvar sua amada OlÍvia Palito contra um de seus arqui-inimigos.
21/6 – Novos AutoresMS Slavic 7 – Sofia Bohdanowicz, Deragh Campbell (2019) - Um drama intergeracional que reconecta uma bisneta com a bisavó por meio de cartas esquecidas. Baseada em fatos reais, a narrativa construída pelo duo de diretoras é instigante e comovente.
22/6 – Uma Lagartixa num Corpo de Mulher - Lucio Fulci (1971) - Uma jovem é acusada de assassinar seu vizinho debochado depois de ter um sonho sobre o ocorrido.  Ela realmente cometeu o crime ou foi incriminada por alguém?
23/6 – Todas as Manhãs do Mundo – Alain Corneau (1991) – No século 17, um renomado tocador de viola de gamba se isola após a morte de sua esposa. Porém, tudo muda quando um jovem pede para que ele seja seu tutor no aprendizado do instrumento.
24/6 – Sitcom – Nossa Linda Família – François Ozon (1998) – Uma família francesa convencional vive em aparente harmonia até que um dia o pai leva para casa um rato de estimação. Quando entram em contato com o roedor, cada membro da família revela suas perversões sexuais e psicológicas ocultas.
25/6 – Novas DescobertasNão Pense Que Eu Vou Gritar – Frank Beauvais (2019) – Ao refazer um ano crucial de sua vida por meio de um estilo selvagem de terapia, o francês Frank Beauvais entrega por completo ao público seu corpo e alma. O longa de estreia do cineasta teve sua première no 69° Festival Internacional de Cinema de Berlim.
26/6 – Somniloquies – Verena Paravel, Lucien Castaing-Taylor (2017) – O compositor Dion McGregor ficou famoso na década de 1960 por narrar seus sonhos enquanto dormia. Em Somniloquies, as diretoras superam as fronteiras entre paisagens de sonhos interiores e corpos humanos.
27/6 – Paixão Selvagem – Serge Gainsbourg (1976) – Uma garçonete solitária se encanta por um caminhoneiro homossexual. Apesar dos avisos de seu chefe, a moça insiste no romance que desperta o ciúme no namorado do rapaz.
28/6 – O Fundo do Coração – Francis Ford Coppola (1982) – Considerado por alguns críticos como um dos filmes mais sublimes e engenhosos em toda a sua obra, foi o segundo musical da carreira do cineasta.
29/6 – A Terceira Geração – Rainer Werner Fassbinder (1979) – Uma comédia extremamente irônica em seis partes que conclui o pensamento e o olhar político ensaiado do cineasta sobre a Alemanha Ocidental. Propositalmente esquecido durante seu lançamento, o filme permanece atual e muito preciso em suas reflexões.
30/6 – O Mistério de Picasso – Henri-Georges Clouzot (1956) – Vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes de 1956, o documentário biográfico sobre o grande Pablo Picasso almejou alcançar o que o Fausto de Goethe havia sonhado: capturar e armazenar os grandes momentos de inspiração.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “DESTAQUES MUBI: Veja os principais lançamentos da plataforma em Junho

    Sua opinião é muito importante!