DESTAQUES
Pesquisar

Reset - O Novo Balé da Ópera de Paris | Quatro perguntas com Benjamin Millepied

"Reset - O Novo Balé da Ópera de Paris" chegou aos cinemas do Brasil em 25 de Maio.
O documentário dirigido por Thierry Demaizière e Alban Teurlai retrata o renomado coreógrafo e dançarino Benjamin Millepied - conhecido pelas sequências de dança no filme "Cisne Negro".
Benjamin Millepied, ex-primeiro bailarino do New York City Ballet e atual coreógrafo do L.A. Dance Project, viajou o mundo antes de voltar à sua terra natal para substituir Brigitte Lefèvre na Diretoria de Dança da Ópera Nacional de Paris, em 1 de novembro de 2014 – um sonho para um jovem que é conhecido pela ousadia e pela inovação.

Nascido em 1977 em Bordeaux, ele passou a maior parte da infância no Senegal. Sua primeira experiência com a dança foi proporcionada pela mãe, professora de dança africana e contemporânea. Aos 13 anos de idade, ele entrou para o Conservatoire National Supérieur de Musique et de Danse, em Lyon, onde estudou com Michel Rahn. 

Em 1992, Millepied fez um curso na School of American Ballet, na qual foi aceito no ano seguinte. Ele venceu o Prix de Lausanne em 1994 e, no mesmo ano, Jerome Robbins o selecionou para o papel principal em “2 e 3 Part Inventions”, coreografia criada para os alunos da School of American Ballet. Ele entrou para o corpo de baile do New York City Ballet em 1995 e tornou-se solista em 1998, antes de se tornar primeiro-bailarino em 2002. Em paralelo, ele estreou como coreógrafo em “Passages”, balé montado para alunos do Conservatório de Lyon em 2001. Muitos trabalhos para diversos teatros e balés sucederam-se desde então.

De 2004 a 2005, Millepied também foi diretor artístico do Mark Morris Dance Center de Bridgehampton, em Nova York, e coreógrafo residente no Baryshnikov Arts Center em Nova York (2006-2007). Em 2010, ele trabalhou como coreógrafo e consultor em “Cisne Negro”, filme vencedor do Oscar dirigido por Darren Aronofsky. Em 2011, deixou o New York City Ballet, dirigiu cinco curtas-metragens sobre dança e fundou sua própria companhia em Los Angeles, a L.A. Dance Project, um coletivo de coreógrafos com o objetivo de apresentar a dança em todas as suas formas.

Benjamin Millepied possui o título de Chevalier des Arts et des Lettres e recebeu uma bolsa de estudos Wynn em 2007.

A primeira decisão de Millepied na Ópera de Paris foi carregada de simbolismo: logo que chegou, pediu que o antigo piso de tábuas das salas de ensaio fosse substituído por um piso anti-impacto para evitar que os bailarinos se lesionassem. Como obter o financiamento público seria um processo demorado, Millepied buscou mecenas que custearam a obra, numa poderosa demonstração de sua abordagem. Benjamin Millepied, desde então, criou uma academia coreográfica e uma unidade de saúde para os bailarinos.

COMO FOI TER A EQUIPE DE FILMAGEM DURANTE OS MOMENTOS ÍNTIMOS?

Logo eu me esquecia que estavam lá. A presença deles me causava mais prazer do que incômodo. Eu fiquei bastante à vontade.

VOCÊ APARECE FAZENDO ANOTAÇÕES, RASCUNHOS, FILMANDO E FOTOGRAFANDO AO LONGO DO FILME. AS IMAGENS SÃO UMA FERRAMENTA ESSENCIAL NO SEU TRABALHO?

Sim, eu adoro fotografar. É difícil capturar a beleza de um momento apenas com a imaginação. A filmagem é simplesmente uma ferramenta para que eu possa realizar o meu trabalho. O vídeo permite que eu me distancie da coreografia, para corrigi-la e aprimora-la.

O QUE VOCÊ PENSOU AO ASSISTIR AO DOCUMENTÁRIO?

Achei muito interessante me ver trabalhando no teatro. Esse distanciamento me ajudou a entender muitas coisas; é algo que me ajuda muito hoje em dia.

QUAIS FILMES SOBRE DANÇA, FICÇÃO OU DOCUMENTÁRIO, MAIS MARCARAM VOCÊ?

“Os Sapatinhos Vermelhos”, “Cisne Negro” (é claro!), “O Sol da Meia Noite” e “Cantando na Chuva”.





nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Reset - O Novo Balé da Ópera de Paris | Quatro perguntas com Benjamin Millepied

    Sua opinião é muito importante!