DESTAQUES
Pesquisar

"Sangue do Meu Sangue", do premiado diretor italiano Marco Bellocchio, estreia em dezembro

O filme foi super aplaudido na 40º Mostra Internacional de Cinema em São Paulo.
A seguir, assista ao trailer.
Premiado em no Festival de Veneza, “Sangue do Meu Sangue”, o longa de ficção de Marco Bellocchio, esteve na 40º Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, entre os dias 20 de outubro e 02 de novembro, com sessões lotadas.

A trama é ambientada no século XVII, onde um jovem padre é chamado até um convento na cidade de Bobbio. Seu irmão cometeu suicídio e não pode ser enterrado em terreno sagrado, a não ser que sua amante, a freira Benedetta, confesse seus pecados, e salve assim a alma do morto. Nos dias atuais, um homem deseja comprar o monastério onde Benedetta foi torturada. No entanto, ele encontra habitando o local um velho conde e uma mulher cujo marido desapareceu. 

MARCO BELLOCCHIO

Da rebeldia adolescente às instituições religiosas e à subversão política, os filmes do diretor italiano Marco Bellocchio exploram as contradições políticas e sociais de seu país. Seus prolíficos 50 anos de carreira estão intimamente ligados às complexidades e discrepâncias da história italiana.

Os trabalhos de Bellocchio são conhecidos por serem politicamente engajados e por constantemente atacarem símbolos do conformismo italiano. Seu filme de estreia, repleto de humor negro, "De Punhos Cerrados", de 1965, sobre um adolescente existencialmente atormentado, é geralmente lembrado por ter antecipado a revolução da juventude que abalaria as estruturas da sociedade italiana. Durante os anos 70, o cinema de Bellocchio explorou o tumulto político da época. Ele condenou a religião em "Em Nome do Pai", de 1971, e o exército em "Marcha Triunfal", de 1976.

A partir dos anos 80, os filmes de Bellocchio frequentemente se concentram em aceitar um passado pessoalmente e politicamente turbulento. Ele questionou ideologias e questões morais, e lutou para que as motivações de seus personagens fizessem sentido. Contrapôs o conflito entre a Igreja e a esquerda radical sem se alinhar com nenhuma das duas. Seus filmes compõem uma investigação rica, fascinante e humana sobre a vida italiana, tanto moderna quanto histórica.

Bellocchio nasceu em Piacenza, Itália, em 1939. Em 1959, largou o curso de Filosofia na Universidade Católica de Milão para estudar no Centro Experimental de Cinematografia, em Roma. Realizou diversos curtas-metragens no início dos anos 60 e estudou na Slade School of Fine Arts, em Londres. Bellocchio recebeu o Leão de Ouro pelo conjunto de sua obra no Festival Internacional de Veneza, em 2011.

FICHA TÉCNICA

Direção MARCO BELLOCCHIO
Roteiro MARCO BELLOCCHIO
Fotografia DANIELE CIPRI
Montagem FRANCESCA CALVELLI, CLAUDIO MISANTONI
Música CARLO CRIVELLI
Produtor SIMONE GATTONI, BEPPE CASCHETTO
Produção KAVAC FIL 
Distribuição FÊNIX FILMES



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “"Sangue do Meu Sangue", do premiado diretor italiano Marco Bellocchio, estreia em dezembro

    Sua opinião é muito importante!