DESTAQUES
Pesquisar

Retrospectiva Bourne - Onde Jason Bourne esteve nos últimos anos?

Acompanhe a trajetória do personagem, retratada ao longo de 9 anos em 3 filmes, estrelados por Matt Damon.
Não dá para acreditar, mas já se passaram 9 anos desde a última vez que Matt Damon marcou presença no cinema na pele do espião desmemoriado perseguido pela CIA. Jason Bourne já rodou o mundo em busca de sua identidade, desafiou grandes organizações e eliminou do caminho inimigos poderosos durante toda a Trilogia Bourne. 

Em 28 de julho de 2016, o espectador possui um encontro marcado com a mais nova produção da franquia, dirigida por Paul Greengrass. O filme, que marca o retorno de Matt Damon ao papel de Jason Bourne, também conta com as presenças de Alicia Vikander, Tommy Lee Jones, Vincent Cassel e Julia Stiles.

Se você também está em contagem regressiva para a estreia de "Jason Bourne", chegou a hora de relembrar os momentos mais importantes da saga (CUIDADO COM SPOILERSe descobrir mais detalhes sobre sua próxima aventura no cinema. 

Leia também: Top 10 - Curiosidades sobre os filmes da franquia Bourne

A TRILOGIA BOURNE

Seu legado cinematográfico teve início em "A Identidade Bourne" (2002), filme dirigido por Doug Liman. Na trama, nosso herói (Matt Damon) aparece flutuando no Mediterrâneo e é salvo por um grupo de pescadores. Além de acordar ferido e desmemoriado, ele encontra uma única pista sobre sua identidade: um chip implantado em seu quadril que contém o número de uma conta bancária na Suíça.

No cofre do banco, Bourne encontra vários passaportes em seu nome e descobre que mantém residência em Paris. Paralelamente, ele é perseguido e percebe que possui uma série de conhecimentos em técnicas de combate, além de falar fluentemente vários idiomas. Bourne procura refúgio no consulado dos Estados Unidos, mas é quase capturado.


Ele oferece dinheiro para uma desconhecida levá-lo até a capital francesa. Durante a longa viagem de carro, a alemã Marie Kreutz (Franka Potente) consegue fazer com que Bourne compartilhe sua história dramática e automaticamente torna-se alvo da CIA, mas ela também torna-se a única aliada de Bourne em sua busca pela verdade. Eles começam a planejar juntos uma saída para toda essa situação de vida ou morte.

Enquanto isso, o espectador viaja até a sede da CIA em Langley, nos Estados Unidos, (cenário presente em quase todos os filmes de espionagem) e conhece quem está no comando desta perseguição. Lá é o local de trabalho de Alexander Conklin (Chris Cooper), chefe do Treadstone, programa que transformou Bourne numa arma letal. Acontece que Conklin enviou Bourne para assassinar um ditador africano chamado Wombosi (Adewale Akinnuoye-Agbaje) e agora ele quer apagar todos os rastros desta missão, incluindo Bourne. 



Sendo assim, ele ativa três assassinos para eliminar seu agente desmemoriado. O primeiro ataca Bourne e Marie no apartamento de Paris, mas é o segundo assassino que causa o maior transtorno para o casal. Conhecido pelo código "O Professor" (Clive Owen), ele provoca uma perseguição de carro eletrizante pelas charmosas ruas de Paris e deixa muitas vítimas por onde passa. 

Depois de ficar frente a frente com o assassino em um confronto inesquecível, Bourne decide que não quer viver na sombra da CIA e que deseja uma nova vida ao lado de Marie. Bom para você, Jason!


CURIOSIDADES: Você sabia que o personagem principal quase foi interpretado por Brad Pitt? O ator recusou o papel para trabalhar em "Jogo de Espiões" (2001). 

Com o sucesso do primeiro filme, não demorou muito para a "A Supremacia Bourne" (2004) sair do forno. A sequência, dirigida por Paul Greengrass, retrata a tentativa do personagem em levar uma vida tranquila na Índia, ao lado de Marie. O casal toma muito cuidado para não deixar pistas de sua localização, mas a vida de Bourne é ameaçada com a chegada de um agente russo chamado Kirill (Karl Urban).


Durante uma sequência de perseguição emocionante, Marie entra na mira do assassino e é morta por ele. Kirill acha que Bourne foi finalizado também, mas tudo o que ele conseguiu foi torná-lo mais violento. Bourne está convencido que a Treadstone está por trás do ataque, enquanto a diretora da CIA, Pamela Landy (Joan Allen), pensa que é Bourne quem está tentando eliminá-los. 

A confusão continua quando Landy obtém acesso aos arquivos do projeto Treadstone e ela é enviada para capturar Bourne. Enquanto isso, ele consegue roubar um cartão SIM do celular de um agente e começa a rastrear as chamadas de Landy. Bourne desenvolve uma aliança improvável com ela, enquanto tenta limpar seu nome.


CURIOSIDADE: Você sabia que, ao contrário da franquia James Bond, todos os dispositivos utilizados por Bourne são reais e podem ser adquiridos por qualquer cidadão?

Após perder sua companheira, Bourne descobre que um jornalista londrino (Paddy Considine) está especulando fatos sobre sua vida em "O Ultimato Bourne" (2007), também dirigido por Paul Greengrass. Neste filme, o projeto Treadstone não existe mais, porém serviu de base para um novo experimento conhecido como Blackbriar, que é responsável por uma nova geração de matadores treinados. 

Nosso herói consegue marcar um encontro com o jornalista, mas ele ignora os procedimentos de segurança recomendados por Bourne e é morto por um assassino chamado Paz (Edgar Ramirez). As ordens para eliminá-lo veio diretamente do diretor da Blackbriar, Noah Vosen (David Strathairn), novo aliado de Landy. 


Bourne decide viajar para Madrid para encontrar o informante do jornalista britânico e conta com a ajuda de Nicky Parsons (Julia Stiles) para mais esta missão. Eles embarcam rumo ao Tânger, onde descobrem o informante minutos antes dele ser eliminado por Desh Bouksani (Joey Ansah). Em seguida, Bourne voa para Nova York com o objetivo de encontrar a sede do projeto Blackbriar e entra em contato com Landy para provocar Vosen.  

Curiosidade: "O Ultimato Bourne" foi o único filme da franquia a ser indicado ao Oscar. A produção ganhou o prêmio nas categorias de melhor edição, melhor edição de som e melhor mixagem de som.

O LEGADO BOURNE 

O afastamento de Matt Damon deixou muitos cinéfilos surpresos e chateados, mas o ator nunca escondeu que só voltaria a interpretar Jason Bourne sob a direção de Paul Greengrass, o mesmo de "A Supremacia Bourne" (2004) e "O Ultimato Bourne" (2007).

Nos anos seguintes, a franquia foi expandida com "O Legado Bourne" (2012) sob a direção de Tony Gilroy, que também trabalhou como roteirista na Trilogia Bourne. O quarto filme mostra a história original de Aaron Cross, interpretado por Jeremy Renner, membro do projeto Outcome, que visa o uso de remédios para diminuir a dor e aumentar a força e a inteligência. Com a descoberta de informações sigilosas, a CIA decide eliminar todos do projeto e resta a Cross tentar se salvar e descobrir o que está acontecendo. 

O longa também contou com as presenças de Rachel Weisz, Edward Norton, Joan Allen e Albert Finney, mas não conquistou os fãs da franquia. Segundo o IMDB, Jeremy Renner vai reprisar seu papel em um novo filme, ainda sem previsão de estreia.

JASON BOURNE 2016

Após o lançamento do terceiro filme, Matt Damon revelou que não tinha interesse em dar continuidade ao personagem. O ator finalmente mudou de ideia quando leu o roteiro co-escrito por Paul Greengrass e Christopher Rouse. Desde então, Damon passou por uma intensa rotina de treinamento para entrar em forma para o personagem. 

O novo filme de Paul Greengrass explora a natureza das agências de espionagem e a questão da liberdade civil. A ideia nasceu após o famoso caso de Edward Snowden, que revelou milhares de documentos secretos do governo norte-americano. Matt Damon destacou que o quinto filme é ambientado justamente num "mundo "pós-Snowden" e que Bourne passou todo esse tempo escondido na Europa.

O longa também retoma a investigação abordada em "O Legado Bourne". Na trama, a organização Outcome, que montou um esquema de uso de remédios para diminuir a dor e aumentar a força e a inteligência de seus soldados, acreditava que Jason Bourne estava morto. Mas com a memória recuperada, ele surpreende seus inimigos e volta a ficar na mira da Outcome.

Seus inimigos são representados por Tommy Lee Jones e Vincent Cassel. O personagem de Jones assume o comando da CIA e promete perseguir seu ex-agente até o fim, enquanto Cassel é um temido assassino pago eliminar Bourne. A dupla entra para a galeria de inimigos de Bourne, que acumula nomes como Chris Cooper, Clive Owen, Karl Urban e David Strathairn.

E você, também está animado para a estreia de Jason Bourne?
Deixe nos comentários (abaixo) o que você espera de um dos filmes mais aguardados do ano.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Retrospectiva Bourne - Onde Jason Bourne esteve nos últimos anos?

    Sua opinião é muito importante!