DESTAQUES
Pesquisar

Especial - 12 filmes brasileiros para assistir no Dia dos Namorados

"Latitudes", "O Homem do Futuro", "Romance", "Ponte Aérea" estão entre os destaques.
Nesta semana, o clima de romance está no ar e quero aproveitar a proximidade do Dia Dos Namorados para falar sobre os meus filmes brasileiros favoritos do gênero de romance e comédia. Quem já conferiu a lista especial com 60 filmes apaixonantes do cinema, provavelmente sentiu falta de algumas sugestões nacionais. 

Existem ótimos títulos brasileiros para quem deseja realizar uma maratona de filmes ao lado da pessoa amada. A seguir, aproveite para conferir 12 sugestões de filmes românticos do cinema brasileiro, sem ordem de preferência. 

Participe você também: qual é o seu filme favorito?

Lisbela e o Prisioneiro (2003)

Direção: Guel Arraes - Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish).

Romance (2008)

Direção: Guel Arraes - Pedro (Wagner Moura) é um ator e diretor de teatro, que se apaixona por Ana (Letícia Sabatella), também atriz, ao contracenar com ela a peça "Tristão e Isolda". O namoro deles é afetado pelo posterior sucesso dela na TV, impulsionado pela empresária Fernanda (Andréa Beltrão). Além disto, ao gravar um especial de TV, Ana conhece Orlando (Vladimir Brichta), um ator por quem se apaixona.

Pequeno Dicionário Amoroso (1997)

Direção: Sandra Werneck - Luiza (Andrea Beltrão) e Gabriel (Daniel Dantas), se conhecem por acaso e passam a se amar. Conforme o tempo passa, o sentimento que nutrem um pelo outro modifica, e a relação do casal passa por todas as possíveis fases em uma relação amorosa. Construído através de palavras, em ordem alfabética, o romance deles ilustra a pluralidade de sentimentos dentro de uma relação, e os dilemas da vida a dois.
 

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)

Direção: Daniel Ribeiro - Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. 

Latitudes (2013)

Direção: Felipe Braga  - Em viagens através de oito países diferentes, os caminhos de um fotógrafo (Daniel de Oliveira) e de uma executiva de moda (Alice Braga) se cruzam e se separam, criando uma história de amor especial.

Amores Possíveis (2001)

Direção: Sandra Werneck - Carlos (Murilo Benício) marca um encontro no cinema com Julia (Carolina Ferraz), sua colega de faculdade por quem estava apaixonado. Julia não aparece, deixando Carlos sozinho no hall do cinema. Durante a espera, acontece algo que irá mudar a vida dele para sempre. Quinze anos após este acontecimento três versões possíveis e distintas da vida de Carlos são apresentadas.  


De Onde Eu Te Vejo (2016)

Direção: Luiz Villaça - Ana Lúcia (Denise Fraga) e Fábio (Domingos Montagner) decidem se separar após vinte anos de casamento e ele se muda para um apartamento do outro lado da rua. Além da separação, eles passam por uma crise no trabalho e precisam enfrentar a iminente mudança de cidade da filha. Com todas essas mudanças, eles precisam aprender a viver essa nova realidade e reinventar o amor. 


O Homem do Futuro (2011)

Direção: Claudio Torres - João/Zero (Wagner Moura) é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos atrás foi humilhado publicamente durante uma festa e perdeu Helena (Alinne Moraes), uma antiga e eterna paixão. Certo dia, uma experiência com um de seus inventos permite que ele faça uma viagem no tempo, retornando para aquela época e podendo interferir no seu destino. Mas quando ele retorna, descobre que sua vida mudou totalmente e agora precisa encontrar um jeito de mudar essa história, nem que para isso tenha que voltar novamente ao passado. Será que ele conseguirá acertar as coisas?

Flores Raras (2013)

Direção: Bruno Barreto - 1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell (Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. É o início de um romance acompanhado bem de perto por Mary, já que ela aceita a proposta de Lota para que adotem uma filha.


Ponte Aérea (2015)

Direção: Julia Rezende - Um voo do Rio de Janeiro para São Paulo tem seu curso desviado para Belo Horizonte, devido à forte chuva que castiga a capital paulista. Diante do imprevisto, os passageiros são hospedados em um hotel para que, na manhã seguinte, sigam para São Paulo. Entre eles estão o carioca Bruno (Caio Blat) e a paulista Amanda (Letícia Colin), que se conhecem no hotel. Após um rápido flerte, eles passam a noite juntos mas se desencontram no dia seguinte, já que Bruno pega um voo logo cedo. Já em São Paulo, ele a procura bem no dia em que é promovida na agência de publicidade em que trabalha. Aos poucos o sentimento entre eles se intensifica, mesmo que tenham que lidar com as dificuldades dos 432 quilômetros de distância entre as cidades que vivem.


Divã (2009)

Direção: José Alvarenga Jr. - Mercedes (Lilia Cabral) é uma mulher casada e com dois filhos que, aos 40 anos, tem a vida estabilizada. Um dia ela resolve, por curiosidade, procurar um analista. Aos poucos ela descobre facetas que desconhecia, tendo que contar com o marido Gustavo (José Mayer) e a amiga Mônica (Alexandra Richter) para ajudá-la.


Apenas o Fim (2009)

Direção: Matheus Souza - Garota decide abandonar o namorado e fugir para um lugar desconhecido. Antes de partir, porém, ela resolve encontrá-lo, mas eles têm apenas uma hora para fazer um balanço bem-humorado de suas vidas.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Especial - 12 filmes brasileiros para assistir no Dia dos Namorados

    Sua opinião é muito importante!