DESTAQUES
Pesquisar

Louis Garrel: "Temos que encontrar o idiota dentro de nós".

Confira abaixo a entrevista completa.
Um dos galãs do cinema francês desembarcou no Brasil para promover seu novo projeto. Estou falando de Louis Garrel, que esteve recentemente em São Paulo para divulgar "Dois Amigos" (Les Deux Amis), filme que já chegou aos cinemas, através da Imovision, e marca a estreia de Garrel na direção de longa-metragem.

A trama desta comédia romântica é centrada em Clément (Vincent Macaigne), um ator fracassado, que trabalha como figurante em filmes. Ele está perdidamente apaixonado por Mona (Golshifteh Farahani), que trabalha em uma lanchonete na estação de trem. Como a mulher não se interessa por ele, Clément pede ajuda ao melhor amigo, Abel (Louis Garrel), para conquistá-la. Este frentista não tem muita simpatia por Mona, mas ao longo de três dias, passa a conhecê-la melhor, e também se apaixona por ela.

Em entrevista para a Revista Trip, Louis Garrel aproveitou para falar sobre seu trabalho por trás das câmeras e a influência do teatro na sua vida: "Quando eu era criança, acompanhava a minha mãe em seus ensaios no teatro e assistia ela no palco. Eu gostava da posição do diretor, que dá ideias aos atores de como interpretar".

Ele ainda refletiu sobre a ideia de estar apaixonado e as diferentes maneiras de lidar com o sentimento: "Uma pessoa apaixonada fica totalmente idiotizada". O ator e diretor também mencionou o filme "Os Idiotas", de Lars Von Trier, como uma de suas referências.

Leia também - Vincent Cassel: "A televisão brasileira é uma máfia"





nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Louis Garrel: "Temos que encontrar o idiota dentro de nós".

    Sua opinião é muito importante!