DESTAQUES
Pesquisar

Spotlight - Segredos Revelados é o grande vencedor do Spirit Awards 2016

Chegou a vez de conhecer os vencedores do "Oscar do cinema independente".
Na véspera da entrega do Oscar, acontece anualmente a premiação em homenagem ao cinema independente.  Na 31ª edição do Independent Spirit Awards, o longa "Spotlight - Segredos Revelados" foi premiado em diversas categorias.

O filme narra uma investigação jornalística que revelou abusos sexuais a menores por membros da Igreja Católica de Boston. "Spotlight - Segredos Revelados" ficou com os prêmios de melhor filme, melhor diretor (Tom McCarthy), melhor roteiro (Tom McCarthy e Josh Singer), melhor edição (Tom McArdle) e também o Robert Altman Award - entregue ao diretor, ao elenco e ao diretor de produção do filme.



"Beasts of no nation", um dos maiores esnobados desta edição do Oscar, também foi reconhecido no Spirit Awards. Abraham Attah levou com o prêmio de melhor ator logo no primeiro papel de sua carreira, enquanto Idris Elba ficou com a estatueta de melhor ator coadjuvante.

Sem nenhuma surpresa, Brie Larson ("O Quarto de Jack") consolidou sua condição de favorita ao Oscar e venceu na categoria de melhor atriz. Mas o Spirit Awards entrou para a história ao reconhecer o trabalho de Mya Taylor, vencedora do prêmio de melhor atriz coadjuvante por seu trabalho em "Tangerine". Ela é a primeira transexual a vencer o Spirit Awards.


Veja também: Kate McKinnon e Kumail Nanjiani fazem paródia de "Carol" e "O Quarto de Jack" no Spirit Awards

Confira a lista completa de vencedores:

Melhor filme:
- "Spotlight - Segredos Revelados" (Spotlight - 2015);

Melhor direção:
- Tom McCarthy - "Spotlight - Segredos Revelados";

Melhor filme de estreia:
- "The Diary of a Teenage Girl" (2015);

Melhor ator:
- Abraham Attah - "Beasts of No Nation";

Melhor atriz:
- Brie Larson - "O Quarto de Jack" (Room - 2015);

Melhor ator coadjuvante:
- Idris Elba - "Beasts of No Nation";

Melhor atriz coadjuvante:
- Mya Taylor - "Tangerina" (Tangerine - 2015);

Melhor roteiro:
- Tom McCarthy e Josh Singer - "Spotlight - Segredos Revelados";

Melhor roteiro de estreia:
- Emma Donoghue - "O Quarto de Jack";

Melhor fotografia:
- Ed Lachman - "Carol" (2015);

Melhor filme internacional:
- "O Filho de Saul" (Saul Fia - 2015);

Melhor documentário:
- "O Peso do Silêncio" (The Look of Silence - 2014);

Melhor edição (montagem):
- "Spotlight - Segredos Revelados";

John Cassavetes Award:
- "Krisha" (2015);

Truer Than Fiction Award:
- "Incorruptible" (2015);

Someone to Watch Award:
- Felix Thompson - "King Jack" (2015);

Producers Award:
- Mel Eslyn;

Honorary Chair:
- Jessica Chastain;

Robert Altman Award:
- "Spotlight - Segredos Revelados".

Leia também:
Curiosidades sobre as 8 produções indicadas ao Oscar de Melhor Filme
Conheça os heróis da vida real que inspiraram "Spotlight - Segredos Revelados"Nove dos indicados ao Oscar de Melhor Filme são baseados em histórias reais 
Brie Larson além de "O Quarto de Jack" (Room)



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Spotlight - Segredos Revelados é o grande vencedor do Spirit Awards 2016

    Sua opinião é muito importante!