DESTAQUES
Pesquisar

Oscars 2016 - "Spotlight - Segredos Revelados" vence o prêmio de Melhor Filme

Confira aqui minha matéria com os acertos e erros de Chris Rock no comando do Oscar 2016!
Chegou a hora de comentar sobre os vencedores do Oscar 2016, uma edição marcada por grandes surpresas e pelo meu fracasso nos bolões da premiação. Já havia comentado por aqui que este ano seria um dos mais imprevisíveis e não estava errada. A briga foi muito boa e por alguns minutos, pensei que "Mad Max - Estrada da Fúria" e George Miller estavam cada vez mais próximos dos prêmios principais.

Até parece estranho quando digo que esta edição foi imprevisível, pois Leonardo DiCaprio e Brie Larson venceram e sempre foram duas grandes certezas nas categorias de Melhor Ator e Atriz. Mas estou falando do clima de suspense que tomou conta de toda a temporada, ou seja, a batalha eterna entre "O Regresso", "Spotlight - Segredos Revelados", "A Grande Aposta" e "Mad Max - Estrada Para Fúria".

Também já havia comentado nas minhas apostas finais para o Oscar 2016 (leia aqui) que estava dividida entre "O Regresso" e "Spotlight - Segredos Revelados". Não pensei que a Academia seria capaz de premiar duas produções diferentes em cada categoria. Mas também expliquei que a história não estava a favor de "O Regresso", pois poucos filmes ganharam o prêmio principal sem o reconhecimento na categoria de Melhor Roteiro.
 

SURPRESAS

Algumas surpresas ficaram por conta das 6 estatuetas que "Mad Max - Estrada da Fúria" levou para casa, mas o filme perdeu o prêmio de Melhor Efeito Especial para o fantástico "Ex-Machina: Instinto Artificial", que nem foi lançado nos cinemas brasileiros (que vergonha). 

Outra grande surpresa da noite foi a vitória de Mark Rylance na categoria de Melhor Ator Coadjuvante, por seu trabalho em "Ponte dos Espiões". Ele é um veterano do cinema inglês e está perfeito no longa de Steven Spielberg, mas nem Sylvester Stallone acreditou quando Patricia Arquette anunciou o nome do seu concorrente.

Stallone está muito bem em "Creed: Nascido Para Lutar", ele interpreta o mesmo personagem há décadas e isso mexeu com o emocional do público. Não vou negar que apostei em Stallone, mas deixei bem claro que ele não era o meu favorito. Na verdade, meus coadjuvantes favoritos nem foram indicados (Idris Elba, Jacob Tremblay e Benicio Del Toro). 



INJUSTIÇAS

Entre os destaques da noite, Lady Gaga emocionou o público com sua performance da música "Til it happens to you", que fala sobre vítimas de abuso sexual. A artista ganhou muitos aplausos, e ainda deixou Rachel McAdams e Kate Winslet visivelmente emocionadas. Mas foi o inglês Sam Smith quem levou o prêmio de Melhor Canção Original por "Writing's on the wall", trilha de "007 - Contra Spectre". 

A grande revelação do ano foi Alicia Vikander, com duas performances memoráveis em 2016. Mas a atriz de origem sueca não deveria concorrer na categoria de coadjuvante sendo que é uma verdadeira protagonista em "A Garota Dinamarquesa". O mesmo acontece com Rooney Mara. A vitória de Vikander mostra como a Academia se submete aos caprichos dos grandes estúdios de cinema. 

Leia também:


Confira a lista completa de vencedores:

Melhor filme: "Spotlight: Segredos Revelados" 

Melhor diretor: Alejandro González Iñárritu ("O Regresso")

Melhor atriz: Brie Larson ("O Quarto de Jack")

Melhor atriz coadjuvante: Alicia Vikander ("A Garota Dinamarquesa")

Melhor ator: Leonardo DiCaprio ("O Regresso")

Melhor ator coadjuvante: Mark Rylance ("Ponte dos Espiões")

Melhor roteiro original: "Spotlight"

Melhor roteiro adaptado: "A Grande Aposta"

Melhor figurino: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhor direção de arte: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhor maquiagem: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhor fotografia: "O Regresso"

Melhor montagem: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhor edição de som: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhor mixagem de som: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhores efeitos visuais: "Ex-Machina: Instinto Artificial"

Melhor curta-metragem de animação: "Bear Story"

Melhor animação: "Divertida Mente"

Melhor documentário em curta-metragem: "A Girl in the River: The Price of Forgiveness"

Melhor documentário: "Amy"

Melhor curta de documentário: "Stutterer"

Melhor filme estrangeiro: "O Filho de Saul" (Hungria)

Melhor trilha sonora: Ennio Morricone - "Os Oito Odiados"

Melhor canção: Sam Smith e James Napier - "Writing's on the Wall" ("007 contra Spectre")



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Oscars 2016 - "Spotlight - Segredos Revelados" vence o prêmio de Melhor Filme

    Sua opinião é muito importante!