DESTAQUES
Pesquisar

Oscars 2016 - Como fica a corrida pelo prêmio da Academia após o BAFTA?

Confira aqui a lista completa de vencedores do BAFTA 2016.
O BAFTA é um dos últimos prêmios que antecedem o Oscar, concedido pela British Academy of Film and Television Arts. Também conhecido como "Oscar britânico", seus favoritos da temporada já foram revelados e o épico "O Regresso" (The Revenant) foi eleito o melhor filme de 2016. 

A premiação é considerada um dos principais termômetros pré-Oscars, mas também costuma discordar das escolhas da Academia. Prova disso é o resultado da edição de 2015, onde "Boyhood - Da Infância à Juventude" ganhou o BAFTA de Melhor Filme, enquanto "Birdman" saiu vitorioso no Oscar.

Vamos descobrir o que os membros conservadores da Academia pensam somente em 28 de fevereiro. Por enquanto, resta analisar alguns fatos para evitar pagar mico em futuros bolões.

A primeira pergunta que devemos fazer é: o que muda na corrida pelo Oscar com o anúncio dos vencedores do BAFTA? "O Regresso" continua sendo o favorito nas categorias principais, mas o filme ganhou ainda mais força após sua vitória em 5 categorias. Somando com seus prêmios no Directors Guild Awards (DGA) e Globo de Ouro, o longa de Alejandro G. Iñárritu vive um momento espetacular. 

Vale destacar que "O Regresso" é líder com 12 indicações ao Oscar, porém ele não foi nomeado por seu roteiro. Historicamente falando, "Titanic", "A Noviça Rebelde" e "Hamlet" foram os únicos que receberam o Oscar de Melhor Filme, mesmo sem reconhecimento nas categorias de roteiro. Neste caso, os 67 anos de história não estão ao lado de "O Regresso". 

Enquanto isso, "A Grande Aposta" (The Big Short) e "Spotlight - Segredos Revelados" acumulam prêmios nessas categorias, eles ganharam o BAFTA de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Roteiro Original, respectivamente. Mas os longas de Adam McKay e Tom McCarthy também levaram o prêmio concedido pelo Sindicado dos Roteiristas (WGA).

Há também quem diga que as premissas de "A Grande Aposta" e "Spotlight - Segredos Revelados" são tão complicadas que devem atrapalhar sua disputa pelo Oscar, mas não compartilho dessa opinião. Realmente ambos tratam de assuntos complexos, porém os roteiristas conseguiram adaptar para o cinema com inteligência, e até mesmo com muito bom humor.

Em matéria de prêmios, "O Regresso" está tecnicamente empatado com "Spotlight - Segredos Revelados". O longa com Leonardo DiCaprio levou vantagem no BAFTA, Globo de Ouro e DGA. Enquanto isso, seu rival marcou presença no SAG Awards, Critics Choice e WGA. "A Grande Aposta" levou somente os prêmios principais do PGA e WGA

Mas minha conclusão para a categoria de Melhor Filme é simples, a corrida pelo Oscar nunca esteve tão imprevisível. Será que a Academia está preparada para premiar Alejandro G. Iñárritu pelo segundo ano consecutivo? Será que a denúncia retratada em "Spotlight - Segredos Revelados" é capaz de envolver o júri? Ou será que eles vão optar pelo filme que mostra a crise financeira de uma maneira bem descontraída?  

Pouco mudou em relação aos candidatos nas categorias de atuação. Leonardo DiCaprio e Brie Larson são duas grandes certezas nesta temporada. Muitos não entendem o favoritismo deles, mas notei que algumas pessoas que choravam pelo "Oscar perdido" de DiCaprio, já não acham o ator tão digno prêmio, justo agora que ele finalmente vai ganhar (e merecidamente).

Já disse isso antes e repito, enquanto a categoria feminina está espetacular, tão espetacular que os estúdios precisaram cometer fraude para inserir suas protagonistas na categoria de coadjuvante, a masculina nunca esteve tão fraca. Nenhum candidato consegue apresentar perigo a DiCaprio. Ao lado de Michael Fassbender e Bryan Cranston, eles são os únicos que merecem suas vagas.

Porém as categorias de coadjuvantes apresentam um leve clima de mistério. A primeira com Alicia Vikander e Kate Winslet liderando a disputa. Já era para quem apostava em Rooney Mara, na verdade, já era para o filme "Carol". Acredito que Vikander está atravessando por um momento de maior impacto, então ela possui uma pequena vantagem sob Winslet, com vitórias no Critics Choice e SAG Awards.

Na categoria masculina, Sylvester Stallone não recebeu indicação ao BAFTA por "Creed - Nascido para lutar", mas continua como o grande favorito ao Oscar. Já Mark Rylance, que estava tímido durante toda a temporada, finalmente ganhou um prêmio por sua atuação em "Ponte dos Espiões" (Bridge of Spies).

E você, já consegue arriscar um palpite para o Oscar 2016?

Leia também: Resenha de "O Regresso" (The Revenant)



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Oscars 2016 - Como fica a corrida pelo prêmio da Academia após o BAFTA?

    Sua opinião é muito importante!