DESTAQUES
Pesquisar

Oscars 2016 - Os acertos e erros de Chris Rock como mestre de cerimônias

Veja também a lista completa de vencedores do Oscar 2016 - e meus comentários sobre a premiação.
Com a controvérsia #OscarsSoWhite cercando a Academia pelo segundo ano consecutivo, o ator e comediante Chris Rock foi escolhido como mestre de cerimônias. Além da tão aguardada vitória de Leonardo DiCaprio, todos os olhos estavam voltados para o desempenho de Rock perante a questão da falta de diversidade entre os indicados. 
 
Como esperado, Chris Rock investiu em piadas polêmicas, tirou uma casquinha da Academia e também dos artistas que prometeram boicotar a premiação, como Will Smith e Jada Pinkett Smith.
"Bem-vindo ao Academy Awards", disse Rock em seu monólogo. "Se os anfitriões dependessem de indicações, eu não estaria aqui. Você estaria assistindo Neil Patrick Harris", ele continuou.

Chris Rock acertou no alvo quando fez uma observação sobre as oportunidades limitadas para as minorias e a forma como são tratadas pela indústria: Hollywood é "uma irmandade racista", disse Rock apontando que a indústria é um clube de elite que simplesmente não permite a entrada de certas pessoas. Rock ainda inseriu atores negros em alguns dos filmes indicados ao Oscar deste ano - a mais engraçada sendo Leslie Jones atacando DiCaprio em "O Regresso" (The Revenant).  


Em seguida, ele visitou um cinema em Compton para entrevistar os espectadores negros sobre filmes indicados deste ano. Esta não é a primeira vez que Rock faz algo parecido: ele também realizou um segmento como este durante a cerimônia do Oscar em 2005 - confira aqui.

Entre os favoritos dos entrevistados está obviamente "Straight Outta Compton", um dos grandes esnobados da Academia em 2016. Mas esta foi apenas mais uma tentativa (brilhante) de Chris Rock em mostrar como a Academia e Hollywood estão desconectados do público, e que nada mudou desde a primeira vez em que apresentou o Oscar. 

Mas Chris Rock deixou todos confusos quando convidou a atriz Stacey Dash (a intérprete de Dionne em "As Patricinhas de Beverly Hills") para falar sobre o "Black History Month", uma piada que nem os convidados entenderam. Ele também trouxe um grupo de escoteiras para vender cookies, mas isso me pareceu uma tentativa de recriar a interatividade que Ellen DeGeneres conseguiu como mestre de cerimônia, como quando ela "quebrou" o twitter ao tirar uma selfie ou quando pediu pizza para o público. 

Audiência
Entre acertos e erros, a cerimônia apresentada por Chris Rock não foi um sucesso no quesito números. A emissora revelou que esta edição atingiu a pior audiência nos últimos 8 anos, marcando 23.1/37 pontos. Já a cerimônia que Rock comandou em 2005 teve um desempenho melhor, com 30.1/43 pontos de audiência.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Oscars 2016 - Os acertos e erros de Chris Rock como mestre de cerimônias

    Sua opinião é muito importante!