DESTAQUES
Pesquisar

Versão restaurada de “Morangos Silvestres” de Ingmar Bergman chega aos cinemas em novembro

Zeta Filmes e FJ Cines são responsáveis pelo projeto que leva cópias de clássicos às telonas. Estreia: 17 de novembro
Filmes que marcaram a história do cinema e que são fundamentais para todos os cinéfilos estão no Clássica: cópias restauradas em digital (DCP) dos clássicos do cinema internacional ao circuito comercial do país. 

Em novembro, o lançamento será "Morangos Silvestres", do diretor Ingmar Bergmanem São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Florianópolis, Curitiba, João Pessoa, Salvador e Santos. (Circuito Itaú Cinemas e Cine Espaço)


MORANGOS SILVESTRES
Um filme de INGMAR BERGMAN

1957, Suécia, p&b, 91min., DCP.
Elenco: Victor Sjöström, Gunnar Björnstrand, Ingrid Thulin, Bibi Andersson
Folke Sundqvist, Björn Bjelvenstam, Jullan Kindahl, Gunnar Sjöberg, Gunnel Broström, Naima Wifstrand 
Diretor de Fotografia: Gunnar Fischer
Direção e Roteiro: Ingmar Bergman
Título original: Smultronstället

Sinopse: Isak Borg, respeitado professor de Medicina, e é convidado por sua universidade de formação, na cidade sueca de Lund, para a cerimônia de comemoração pelos seus 50 anos de carreira. Isak viaja com a sua nora, Marianne, que passa por uma crise em seu casamento, e durante o percurso é obrigado a enfrentar o vazio de sua existência. Um delicado e poético filme sobre a mortalidade e o passado.

“O Sétimo Selo” e “Morangos Silvestres” contam com o trabalho de cinematografia de Gunnar Fischer, mestre da imagem em preto e branco e grande colaborador de Bergman e de Carl Theodore Dreyer. O filme traz a última performance do ator e diretor Victor Sjostrom, maior influência pessoal e ídolo de Ingmar Bergman. 

Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim de 1959 e do Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro em 1960, indicado ao Oscar de melhor roteiro.


Clássica também apresenta o cinema do italiano Federico Fellini, "A Doce Vida(1960) e "8½" (1963). Como também os filmes de Pier Paolo Pasolini, "Mamma Roma(1962); e do diretor alemão Werner Herzog, "Nosferatu - O Vampiro da Noite(1979) e "Fitzcarraldo" (1982), todos restaurados.

Próximos lançamentos:


FITZCARRALDO estreia em dezembro de 2015
Um filme de WERNER HERZOG
1982, Alemanha/Peru, cor, 158 min., DCP
Elenco: Klaus Kinski, Claudia Cardinale, José Lewgoy, Miguel Ángel Fuentes, Paul Hittscher, Huerequeque Enrique Bohorquez, Grande Otelo
Roteiro e Direção: Werner Herzog
  
Sinopse: Brian Fitzgerald sonha alto e busca concretizar seus sonhos na pequena cidade de Iquitos, na Amazônia Peruana, em meio à corrida da borracha. O fã de óperas e de Enrico Caruso, Fitzcarraldo, como é chamado pelos peruanos, decide desbravar uma nova rota de extração de borracha nos rios amazônicos, mas para chegar a seu destino, precisa de um grande feito: transportar um enorme barco à vapor por terra, em uma região montanhosa da floresta.
8½ estreia em janeiro de 2016
Um filme de FEDERICO FELLINI
1963, Itália, p&b,132min., DCP
Elenco: Marcello Mastroianni, Claudia Cardinale, Anouk Aimée, Sandra Milo, Rossella Falk, Barbara Steele
Direção: Federico Fellini

Sinopse: Realidade e ficção se misturam em 8 1/2, filme mais metalinguístico de Federico Fellini. Marcello Mastroianni interpreta Guido Anselmi, diretor de cinema análogo a Federico, sofrendo de um caso terrível de bloqueio criativo. Guido tenta realizar um filme de ficção-científica em um balneário italiano enquanto lida com dificuldades artísticas, pessoais e amorosas, um casamento em crise e várias paixões. 8 1/2 olha para o cinema com uma mirada surrealista e pessoal.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Versão restaurada de “Morangos Silvestres” de Ingmar Bergman chega aos cinemas em novembro

    Sua opinião é muito importante!