DESTAQUES
Pesquisar

Conheça os personagens de O REI TUT, minissérie do History sobre o faraó mais famoso do antigo Egito

ESTREIA: 06 de novembro, às 22h - Nova produção de três capítulos traz o renomado ator Sir Ben Kingsley entre os protagonistas.
O Canal History se orgulha de apresentar "O Rei Tut", minissérie baseada em uma história real. Dividida em três capítulos de duas horas de duração cada, a produção mostra a saga de um dos governantes mais extraordinários da história: o rei Tutancâmon.

O ganhador do Oscar, Sir Ben Kingsley (Ghandi) , vive o Grande Vizir Ay; e Avan Jogia (Twisted) interpreta o rei Tutancâmon. O elenco ainda é formado por Nonso Anozie (A Bíblia) como o general Horemheb; Sibylla Deen (Tyrant) como Ankhe; Kylie Bunbury (Under the Dome) como Suhad; entre outros.

Abaixo, confira detalhes exclusivos sobre os personagens da minissérie:


Tut (interpretado por Avan Jogia)

Tutancâmon é coroado faraó aos nove anos de idade, depois que seu pai, o Rei Aquenáton, é assassinado por um servo de confiança. Forçado a se casar com sua irmã Ankhesenamun para preservar a linhagem real, Tut herda a nação mais poderosa do mundo, mas que sofre com conflitos internos. O jovem faraó, apenas uma criança, não governa de fato. É tratado com desdém por aqueles que o cercam, incluindo seu conselheiro mais próximo, Vizir Ay, que, na prática, é o governante do país. Ay convence o rei-menino a reverter muitas das reformas do Rei Aquenáton, como o monoteísmo.

Aos 19 anos, Tut quer ver o mundo fora do palácio com seus próprios olhos e reinar por conta própria, mas ele é contido por Vizir. Além disso, ele é desprezado pelo Alto Sacerdote de Amun, líder de um culto religioso politeísta, e pelo general Horemheb, que prega expansão territorial e guerra. Mas Tut não mudará de ideia. Ele sai disfarçado do palácio, conhecendo as agruras de seu povo e as ameaças ao reinado, que escondiam dele. Ele decide liderar o exército em uma batalha, resolução que agita o alto escalão de seus conselheiros conspiradores, que preferem que o faraó permaneça nas sombras.

Assim começa a jornada heroica de Tut, de testa-de-ferro a poderoso soberano que só quer que seu povo prospere. Ele luta para libertar a população da tirania de sacerdotes e vence a guerra contra os Mitani, poderosos inimigos do Egito. Apesar de tudo estar contra ele, Tut encontra o amor e força interior para superar seus inimigos dentro e fora do palácio. Ele paga um preço alto por seu país e morre de gangrena depois de ser ferido gravemente em uma batalha, aos 19 anos, após apenas dez anos de reinado.


Grande Vizir Ay (interpretado por Sir Ben Kingsley)

Vizir Ay é o “primeiro-ministro” do Império do Egito, o verdadeiro governante que toma todas as decisões no lugar do jovem faraó. Quando Tut toma as rédeas, assumindo as funções de rei, Ay percebe que seu cargo está ameaçado. Ao mesmo tempo em que se preocupa genuinamente com Tut, como um pai postiço do faraó, cobiça secretamente o trono – e espera criar uma nova dinastia para seu enteado, Nahkt

Tut confia cegamente nos conselhos do experiente Ay, mas ignora que se trata de um manipulador nato que joga dos dois lados, sendo impossível saber onde de fato está sua lealdade. Ele não mente, mas também não fala a verdade. Ele diz a Tut o que está acontecendo – mas sua versão nem sempre é confiável. Ay joga uma pessoa contra a outra e se coloca sempre na liderança, isolado de ataques. Ele manobra por trás das sombras, ficando invisível, mas observa e escuta tudo. Parece que a qualquer momento está tramando para derrubar o faraó, mas logo depois é capaz de denunciar outros que fariam a mesma coisa.

Ay é um sobrevivente. Enquanto conspiradores rodeiam o jovem faraó, Ay se coloca na posição de último homem a cair. Até o fim, Tut não tem certeza se Ay alguma vez foi sincero com ele. Para Ay não existe a verdade, apenas a percepção que alguém tem dela.

Alto Sacerdote Amun (interpretado por Alexander Siddig)


Amun é o Alto Sacerdote do Egito e representante do rei-sol Amon-Rá. No passado ele foi banido para o exílio pelo pai de Tut, o rei Aquenáton, mas agora está mais poderoso do que nunca. Fundamentalista, ele e seu séquito de sacerdotes dominam o povo, extorquindo pagamento não apenas para conduzir cerimônias, mas também para fazer chover e garantir boas colheitas. Seus sacerdotes perturbam até os mais miseráveis.
 

Ele é um mestre político, manipulando quem está a sua volta. E só tem menos poder que o faraó. Quando Tut começa a desprezar a corrupção dos sacerdotes, ele sugere uma volta à “antiga religião”, o que tiraria o poder de Amun. Por isso, Amun trama matar o faraó e acabar com seu reinado. Porém, o Alto Sacerdote subestima a coragem de Tut, que se revela de modo dramático enquanto a história se aproxima do fim climático.

General Horemheb (interpretado por Nonso Anozie)

Poderoso e ambicioso, o General Horemheb não cobiça o trono, nem quer ser tornar faraó. O objetivo dele é conquistar o mundo civilizado e criar um império tão extenso que o sol nunca irá se pôr em seu território. Ele vê Tut como um líder fraco e ineficiente, ignorando qualquer protocolo em relação ao faraó. Tut, por sua vez, não confia no general e tem certeza que Horemheb conspira contra ele.

Horemheb despreza Ay e Amun igualmente, um trio de manipuladores que compete pelo controle do Egito. Quando Tut se prova valoroso na guerra, Horemheb passa a respeitar o jovem rei. Mas, no fim, ele sabe que para realizar seu sonho de conquista militar, tem que tirar Tut do poder e substituí-lo por um faraó que possa controlar e que esteja fora do alcance de Ay e do Alto Sacerdote. Ele aposta em Ka, porque o jovem soldado é alguém que ele pode controlar, além de ser um grande guerreiro e futuro líder em potencial. Ka também tem o amor da Rainha Ankhesenamun, fator que dá vantagens a ele na corte.

Ankhesenamun (Ankhe) (interpretada por Sibylla Deen)


A meia-irmã de Tut é forçada a se casar com ele para manter a linhagem de sangue da dinastia. Ela ama Tutancâmon como irmão, mas seu coração sempre pertenceu ao melhor amigo dele, Ka. Apesar de ambos se desejarem, sua posição como Rainha proíbe essa relação, o que torna a paixão deles ainda mais insustentável. Incapaz de produzir um herdeiro, tendo sofrido dois abortos, o futuro de Ankhe está ameaçado pela chegada de Suhad, a camponesa que salva a vida de Tut e rouba seu coração. Provando ser tão manipuladora quanto Ay, ela faz tudo o que pode para garantir sua posição. Ela não hesitará até mesmo em matar para garantir sua sobrevivência.

Lagus (interpretado por Iddo Goldberg)

Lagus é um soldado que, por golpe do destino, se torna o amigo em quem Tut mais pode confiar. Ele é a única pessoa no reino que permanece fiel sob qualquer circunstância. Prático e com um sólido senso moral, ele enxerga as motivações escusas dos que estão em volta de Tut. Quando ele aparece pela primeira vez, está desiludido com a corrupção no Egito e não tem respeito pelo faraó, que poucos viram. Mas quando Lagus se encontra ao lado de Tut, ele entende que julgou mal o jovem rei e que ambos buscam as mesmas coisas: paz, segurança e prosperidade para o povo, independentemente do privilégio. Eles salvam a vida um do outro e se juntam para derrubar os inimigos do Egito. Enquanto a história caminha para seu clímax dramático, Lagus não sairá do lado de Tut, arriscando até mesmo a própria vida.

Suhad (interpretada por Kylie Bunbury)
Suhad é uma camponesa com ascendência Mitani e que encontra Tut quase morto depois de sua primeira grande batalha contra os Mitani. Ela não sabe que ele é o faraó e cuida de seus ferimentos achando que Tut é um soldado comum. Ele nunca encontrou uma mulher como ela, determinada e com opiniões fortes, e fica fascinado por Suhad. Os dois se apaixonam e só depois disso a identidade dele é revelada. É por meio de Suhad que Tut vê a realidade de seu povo, principalmente a corrupção dos sacerdotes que extorquem os moradores do vilarejo.

Antes que Tut retorne a Tebas e recupere seu trono, ele precisa da ajuda de Suhad para entrar no palácio dos Mitani, onde Lagus é mantido como prisioneiro. Juntos, eles libertam Lagus e partem de volta para Tebas. Lá, Suhad se vê em um limbo entre seu amor por Tut e a realidade de ser uma forasteira em um mundo estranho de intrigas palacianas. Ela entra imediatamente em atrito com Ay e Ankhe, que a enxergam como Mitani e acreditam que ela seja uma ameaça. Suhad sabe que não pode confiar em ninguém se quiser sobreviver. Para sua surpresa, ela assume seu novo papel de amante do faraó, alimentando o sonho de se tornar sua esposa e rainha, além de conquistar o posto mais cobiçado: mãe de seu futuro herdeiro.

Ka (interpretado por Peter Gadiot)

Ka tem sangue plebeu, mas cresceu no palácio e se tornou o melhor amigo de Tut. Depois de adulto, ele treina Tut secretamente nas artes da batalha, enquanto ele mesmo é orientado pelo general Horemheb. Ka é uma das poucas pessoas sinceras com Tut, incentivando-o a finalmente tomar as rédeas, dizendo a ele que o Egito espera um faraó que saia das sombras. Ka é a inspiração para que Tut libere o poder que queima dentro dele há muitos anos.

Mas Ka também está apaixonado por Ankhe, um fato que está começando a causar tensão entre eles. Ka está dividido entre suas alianças com o faraó, a rainha e o general. Sua única ambição verdadeira é ficar com a mulher que ama, mesmo à custa do seu amigo, prometendo a Ankhe que não vai esperar pela próxima vida para ficar com ela. Quando Tut é dado como morto, Ka se articula rapidamente para casar com Ankhe e se tornar faraó. Mas ele guarda um segredo que voltará para assombrá-lo e tirar tudo o que ele tem, inclusive sua própria vida.

Biografias do elenco:

Ben Kingsley como “Ay” - O ator britânico Sir Ben Kingsley ganhou um Oscar, dois Globos de Ouro e dois prêmios BAFTA por sua interpretação do líder social indiano Mahatma em Gandhi, além de ter sido indicado a outros três Oscar por seus papéis em Bugsy, Sexy Beast e Casa de Areia e Névoa. Ele também atuou em A Lista de Schindler, Ilha do Medo e aparece em filmes recentes, como A Invenção de Hugo Cabret, Ender's Game: O Jogo do Exterminador e Homem de Ferro 3. Entre seus próximos filmes estão A Travessia, Autobahn, Learning to Drive e Self/less

Avan Jogia como “Rei Tutancâmon” - Avan Jogia será visto ao lado de James Franco em I Am Michael. Ele também irá aparecer em Ten Thousand Saints, com Hailee Steinfeld, Emile Hirsch e Ethan Hawk. Os dois filmes estrearam na edição de 2015 do festival de Sundance. Outros projetos recentes incluem Shangri-La Suite, com Luke Grimes, Emily Browning e Ron Livingston, e The Outskirts. Em 2013, Jogia se juntou ao elenco da sérieTwisted, da ABC Family, que lhe rendeu duas indicações no Teen Choice Award.  Além disso, estrelou a sérieVictorious, da Nickelodeon, que foi indicada ao Emmy. Apaixonado por várias causas, como os adolescentes sem-teto, Jogia é popular nas redes sociais, com mais de 4,8 milhões de seguidores.

Nonso Anozie como “General Horemheb” - Nonso Anozie é um aclamado ator britânico de cinema teatro e televisão, que estrelou como Renfield em Drácula, da NBC, Xaro Xhoan Daxos em Game of Thrones, da HBO, e como Sansão na minissérie The Bible, do History.

Ele pode ser visto atualmente na série Zoo, da CBS. O ator também participou de Ender's Game: O Jogo do Exterminador e Operação Sombra - Jack Ryan. Anozie também estrelou em Cinderela, da Disney, e está ao lado de Hugh Jackman no recém-lançado Peter Pan. No Reino Unido ele interpretou no teatro os papéis-título de Rei Lear e Othello. Pelo último ele ganhou o prestigioso prêmio Ian Charleson.

Sibylla Deen como “Ankhe” - Sibylla Deen é uma bela atriz australiana, de ascendência indiana, que vem está conquistando muitos fãs em Hollywood. Atualmente está em Budapeste filmando a segunda temporada da aclamada série Tyrant, do FX, criada por Gideon Raff & Howard Gordon. Deen foi a revelação da primeira temporada, interpretando Nusrat Al Fayed, a noiva do novo Príncipe, que é violentada pelo futuro sogro, o Presidente. Ela começou a carreira na série australiana de sucesso Home & Away. 

Alexander Siddig como “Alto Sacerdote Amun” - Nascido no Sudão, o ator Alexander Siddig passou a maior parte de sua infância e vida adulta na Inglaterra. Seu currículo impressionante inclui atuações em séries comoGame of Thrones, Da Vinci’s Demons para Starz, 24 Horas e Hannibal, ambas para a FOX, e Atlantis na BBC. Siddig estrelou em filmes como O Quinto Poder, Cairo Time e O Casamento de May. Ele recentemente atuou na peça Holy Warriors no prestigioso palco do Shakespeare’s Globe Theatre, na Inglaterra.

Kylie Bunbury como “Suhad” - Kylie Bunbury estreou a carreira artística no filme da Disney A Melhor Festa do Ano, junto com Aimee Teegarden em 2011. Em seguida ela atuou com Jonah Hill em O Babá(ca), dirigido por David Gordon Green. Ela é mais conhecida por seu papel como Lacey Porter no seriado de mistério Twisted, da ABC Family. Em breve ela será vista como membro fixo do elenco da série de sucesso O Domo, da CBS, de Brian K. Vaughn e Stephen King.

Peter Gadiot como “Ka” - Peter Gadiot foi visto recentemente na série Matador, produzida por Robert Rodriguez e Kurtzman/Orci para El Rey, na qual interpretou um jogador de futebol envolvido em uma história de espionagem. Ele também pode ser visto na série britânica Fresh Meat, do Channel 4. Gadiot estreou na TV americana como o herói Cyrus em Era Uma Vez no País das Maravilhas, da ABC. Seus outros projetos incluem o filme The Forbidden Girl, Hot Mess, da MTV, e a série britânica My Spy Family.  Gadiot é um ator com formação clássica que estudou no Drama Centre em Londres e atuou em inúmeras produções teatrais.

Iddo Goldberg como “Lagus” - Nascido em Haifa, Israel, e criado em Londres, na Inglaterra, Goldberg pode ser visto ao lado de e Cillian Murphy na aclamada série Peaky Blinders, da Netflix, e também em Mob City, da TNT, criada por Frank Darabont. Ele atualmente atua como Isaac em Salem, criada por Brannon Braga e Adam Simon, que é o primeiro programa original da WGN America. Outros projetos incluem os filmes Last Passenger, And While We Were Here, Um Ato de Liberdade, Camas Desfeitas, O Turista e Maratona do Amor.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Conheça os personagens de O REI TUT, minissérie do History sobre o faraó mais famoso do antigo Egito

    Sua opinião é muito importante!