DESTAQUES
Pesquisar

Especial: Top 10 com os melhores filmes do ator Omar Sharif


Homenagem ao extraordinário Omar Sharif através de uma lista com os meus 10 filmes favoritos do ator. Participe: qual é o seu favorito? 
O dia amanheceu com uma triste notícia: perdemos mais uma lenda do cinema. Omar Sharif nasceu em 10 de abril de 1932, na cidade de Alexandria, Egito. Seu primeiro papel de destaque em Hollywood foi no épico "Lawrence da Arábia" (1962), pelo qual foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

O ator enfrentava nos últimos anos complicações decorrentes do Alzheimer. Aos 83 anos de idade, Omar sofreu um ataque cardíaco no hospital do Cairo, onde estava internado.


#1. Dr. Jivago (Doctor Zhivago) 
Ano: 1965
Dirigido por David Lean, o filme mostra os anos que antecederam, durante e após a Revolução Russa pela ótica de Yuri Zhivago (Omar Sharif), um médico e poeta. Yuri fica órfão ainda criança e vai para Moscou, onde é criado. Já adulto se casa com a aristocrática Tonya (Geraldine Chaplin), mas tem um envolvimento com Lara (Julie Christie), uma enfermeira que se torna a grande paixão da sua vida. Lara antes da revolução tinha sido estuprada por Victor Komarovsky (Rod Steiger), um político sem escrúpulos que já tinha se envolvido com a mãe de Lara. A história é narrada em flashback por Yevgraf de Zhivago (Alec Guiness), o meio-irmão de Yuri que procura a sua sobrinha, que seria filha de Jivago com Lara. Enquanto Strelnikoff representa o "mal", Yevgraf representa o "bom" elemento da Revolução Bolchevique.

#2. Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia)
Ano: 1962
Também dirigido por David Lean, o filme é ambientado em 1916, em plena I Guerra Mundial. O jovem tenente do exército britânico estacionado no Cairo pede transferência para a península arábica, onde vem a ser oficial de ligação entre os rebeldes árabes e o exercito britânico, aliados contra os turcos, que desejavam anexar ao seu Império Otomano a península arábica. Lawrence, admirador confesso do deserto e do estilo de vida beduíno, oferece-se para ajudar os árabes a se libertarem dos turcos.


#3. Funny Girl - A Garota Genial (Funny Girl) 
Ano: 1968
Dirigido por William Wyler, o filme mostra a carreira de Fanny Brice (Barbra Streisand), uma jovem judia do Lower East Side tratada como patinho feio pelos demais. Sonhando com os estrelato, ela rouba a cena num show local e é contratada pelo famoso produtor Florenz Ziegfeld (Walter Pigeon). Já reconhecida por seu talento para os palcos, Fanny se apaixona pelo jogador compulsivo Nicky Arnstein (Omar Sharif). Logo se casam, mas enquanto a carreira da atriz e cantora prospera, o relacionamento dos dois se deteriora.

#4. O Vale da Morte (The Last Valley)
Ano: 1971
Dirigido por James Clavell, o filme é ambientado na Guerra dos Trinta anos, em 1637. Durante uma de suas viagens, Vogel, um antigo professor, chega a um povoado num belo vale que não foi afetado pela guerra que assola os arredores. Neste lugar na Alemanha, existem alimentos e prosperidade, então o professor convence o oficial, chamado "O Capitão", a se estabelecer lá durante o verão. Este se envolve com uma garota da região, mas tem problemas com os conflitos religiosos entre seus mercenários e o povo local.


#5. A Voz do Sangue (Behold a Pale Horse) 
Ano: 1964
Dirigido por Fred Zinnemannsua trama gira em torno de Manuel Artiguez (Gregory Peck), um guerrilheiro que se refugia na França quando as tropas do General Francisco Franco saem vitoriosas da Guerra Civil Espanhola, e de Viñolas (Anthony Quinn), um oficial da Guarda Civil franquista que colocou como uma das missões de sua vida, matá-lo. Ao saber que sua mãe está à beira da morte, Manuel resolve sair do exílio e entrar em segredo na Espanha para tentar visitá-la. O que ele não sabe, é que Viñolas está usando a condição de sua mãe para preparar-lhe uma armadilha, e o desfecho de sua fuga poderá ser muito mais trágico do que imagina.


#6. A Noite dos Generais (The Night of the Generals)
Ano:1967
Dirigido por Anatole Litvak, durante a 2ª Guerra Mundial, uma prostituta é brutalmente assassinada na Varsóvia. O major Grau (Omar Sharif) é encarregado do caso, mas ele possui apenas uma pista, fornecida por uma testemunha viu que o criminoso usava o uniforme de um general alemão. Grau tem 3 suspeitos: Kahlenberge (Donald Pleasance), Von Seidlitz-Gabler (Charles Gray) e Tanz (Peter O'Toole). Subitamente Grau é promovido a tenente-coronel, sendo transferido para Paris por indicação de Kahlenberge. No entanto ele faz sua própria investigação, quando o destino o reúne com os três suspeitos em Paris, mas, desta vez, Grau recebe a ajuda do inspetor Morand (Philippe Noiret), um simpatizante da Resistência com quem faz uma aliança.

#7. Mar de Fogo (Hidalgo)
Ano: 2004 
Dirigido por Joe Johnston, o filme mostra a história de Frank Hopkins (Viggo Mortensen), um conhecido campeão de corridas a cavalo que é convidado pelo sheiq Riyash (Omar Sharif) a participar de uma competição contra os melhores cavalos árabes. Frank e seu cavalo, Hidalgo, precisam então enfrentar os perigos do chamado "mar de fogo", como é conhecido o deserto árabe.

#8. Gengis Khan 
Ano: 1965
Dirigido por Henry Levin, o filme narra a história do líder mongol que é considerado o "Príncipe dos Conquistadores". Neste filme conhecemos um Genghis Khan (Omar Sharif) ainda menino, chamado "Temujin", que sofrerá perseguições do rival Jamuga (S. Boyd), até se rebelar e formar um grande exército que conquistaria todo o Oriente, Ásia e chegaria até as portas da Europa, entre os séculos XII e XIII, considerado o segundo maior conquistador da humanidade, depois do grego Alexandre, o Grande.


#9. A Queda do Império Romano (The Fall of the Roman Empire)
Ano: 1964 
Dirigido por Anthony Mann, a trama mostra o auge da expansão geográfica do império romano, o general Lívio (Stephen Boyd) comanda a nova política do imperador Marco Aurélio (Alec Guinness), que quer a pacificação de fronteiras e a adoção para os povos conquistados uma certa autonomia. Mas Marco Aurélio acaba envenenado por Commodus (Christopher Plummer), filho ilegítimo que assume o trono e mergulha Roma no caos político e administrativo, o que dá origem à queda do Império Romano.

#10. Sementes de Tamarindo (The Tamarind Seed)
Ano: 1974
Dirigido por Blake Edwards, o filme acompanha a história de Judith Farrow (Julie Andrews), funcionária do consulado britânico. Durante uma viagem ao caribe, ela apaixona-se por Feodor Sverlov (Omar Sharif), um militar russo, e o caso de amor dos dois gera acusações de todos os lados. Numa tentativa de manterem seus nomes limpos, eles iniciam uma investigação, e acabam descobrindo um agente Russo infiltrado num dos níveis mais altos da polícia britânica. Um caso de contra-espionagem que passa a ameaçar suas vidas. Quando Judith descobre que Feodor será executado se retornar à Rússia, eles fogem para um lugar desolado na esperança de ficarem juntos, mas um terrível acidente poderá mudar seus planos.



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


2 comentários on “Especial: Top 10 com os melhores filmes do ator Omar Sharif

    1. Podia ter algum dos filmes que ele fez no Egito. Um Estranho em Minha Casa é um clássico.

      ResponderExcluir
    2. No Filme que conta a história do Apostolo Pedro Omar sharif me fês chora . Eterno Omar Sharif

      ResponderExcluir

    Sua opinião é muito importante!