DESTAQUES
Pesquisar

Conheça as 15 atores e atrizes que foram demitidas durante as gravações

Veja alguns exemplos de atores e atrizes que foram demitidos ou substituídos em Hollywood.
Ninguém está a salvo no mundo da Sétima Arte. Nesta lista, você verá alguns exemplos de atores e atrizes que foram demitidos ou substituídos de filmes, como Ryan Gosling, Anne Hathaway e Richard Gere. Os motivos são diversos: brigas, divergências criativas, salários horários, entre outros.

Confira os babados de bastidores a seguir:  

Ryan Gosling – “Um Olhar do Paraíso” (2009)

Para interpretar Jack Salmon, um pai em fase de luto pelo assassinato da filha, o ator decidiu engordar quase 30 kg para o papel. Mas, quando Gosling chegou ao set, Peter Jackson não ficou feliz com a mudança física do ator e mandou Gosling partir para a academia e perder peso. 


O resultado não agradou o diretor e ele resolveu contratar Mark Wahlberg para o papel.


Anne Hathaway – “Ligeiramente Grávidos” (2007)

Anne Hathaway foi a primeira escolha para o papel de Alison Scott, na comédia de Judd Apatow. Antes filmagens, a atriz deixou do projeto alegando diferenças criativas, devido à cena do parto da personagem principal. Ela teria que expor as partes mais íntimas e a atriz não concordou com a ideia. 


Katherine Heigl não teve problema com a cena e aceitou o papel.

Richard Gere – “Os Lords de Flatbush” (1974)

Richard Gere foi escalado para interpretar Perry King e Sylvester Stallone era um de seus colegas de elenco. A demissão aconteceu após uma confusão no set, onde o diretor foi obrigado a escolher entre Gere e Stallone.


Samantha Morton – “Her” (2013)

A atriz já havia filmado todas as suas cenas, no papel de Samantha, mas, durante a fase de pós-produção, Spike Jonze mudou de ideia e decidiu escalar Scarlett Johansson para gravar as vozes da personagem. Parece que a decisão do cineasta foi correta.


Stuart Townsend – “O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel” (2001)
 

O ator foi a primeira escolha para interpretar Aragorn, mas ele foi substituído por Viggo Mortensen um dia antes do anúncio oficial. Peter Jackson e os produtores acharam Townsend muito jovem para o papel. 

James Purefoy – “V de Vingança” (2006)

Após dois meses de filmagens, o ator deixou o papel do personagem ‘V,’ porque não queria usar uma máscara durante todo o filme. Então, Purefoy foi substituído por Hugo Weaving.


Harvey Keitel – “De Olhos Bem Fechados” (1999)
 

Keitel já havia filmado diversas cenas na pele de Victor Ziegler, mas foi substituído por Sydney Pollack. Inúmeros boatos infames circularam na época, inclusive dizendo que Nicole Kidman pediu a saída de Keitel. Segundo o ator, foram as longas filmagens que o forçaram a sair do projeto.

Lori Petty – “O Demolidor” (1993)

Petty foi escalada para o papel de Lenina Huxley, mas, após várias reclamações sobre o destino da personagem, a atriz foi demitida no início das gravações e substituída por Sandra Bullock


Dougray Scott – “X-Men” (2000)
 

Russell Crowe era a primeira opção para o papel de Logan/Wolverine, mas suas exigências salariais eram tão altas que a negociação não deu certo. Então, Scott entrou na jogada e ele até assinou um contrato para trabalhar na sequência do filme. 

Com as filmagens de “Missão Impossível II” se aproximando, o ator não conseguiu cumprir sua agenda e foi substituído pelo então desconhecido Hugh Jackman.

Sean Young – “Dick Tracy” (1990)

A atriz foi demitida das filmagens de “Dick Tracy”, onde interpretava Tess Trueheart, ao lado de Warren Beatty. O estúdio alegou que Young não soube incorporar o lado materno da personagem, mas ela alegou em uma entrevista que foi demitida por ter recusado os avanços de Beatty.


James Remar – “Aliens” (1986)
 

James Cameron escalou Remar no papel de Corporal Hicks, mas o ator foi demitido por diferenças criativas, após algumas semanas de filmagens. 

Michael Biehn assumiu o papel.

Eric Stoltz – “De Volta Para O Futuro” (1985)
 

Michael J. Fox sempre foi o favorito de Robert Zemeckis para o papel de Marty McFly, mas ele estava muito ocupado gravando um seriado. Stoltz foi escalado para o filme e as gravações aconteceram durante um mês, até o diretor desistir da escolha. 

Segundo Steven Spielberg, faltou senso de humor na atuação de Stoltz.

John Candy – “Os Caça-Fantasmas” (1984)

John Candy foi escalado para o papel de Louis Tully, mas foi substituído por Rick Moranis no início das gravações. Segundo Ivan Reitman, Candy queria interpretar o seu personagem com um sotaque alemão e o diretor não gostou da ideia.

Harvey Keitel – “Apocalypse Now” (1979)

Francis Ford Coppola escalou Keitel no papel de Benjamin J. Willard, mas após uma semana de filmagens o diretor decidiu cortá-lo do projeto. O motivo foram as dificuldades que o ator enfrentou para interpretar o seu personagem. 


Martin Sheen assumiu o papel.

Rip Torn – “Sem Destino” (1969)

Torn iria interpretar George Hanson, um dos três motoqueiros do filme de Dennis Hopper, mas durante um encontro em Nova York, ao lado de Hopper e Henry Fonda, Torn ofendeu-se com um comentário feito sobre o Texas e eles saíram no tapa. Jack Nicholson ficou com o papel.
 
 



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


2 comentários on “Conheça as 15 atores e atrizes que foram demitidas durante as gravações

    1. Não são celebridades. São atores. Investimos um glamou desnecessário às vezes nas pessoas. E quando isso é dado sobre forma de informação, construimos no imaginario coletivo alguma coisa que estas pessoas não são.

      ResponderExcluir
    2. Nossa ! Ricoguto que inveja. Criticando um detalhe tão pequeno onde eventualmente é opinião sua pois pra outras pessoas eles pode ser sim celebridades. Agora você não é nem uma coisa nem outra, nem ator nem celeblidade, muito menos é capaz de fazer um posto aí fica criticando o dos outros

      ResponderExcluir

    Sua opinião é muito importante!