DESTAQUES
Pesquisar

Cobertura Globo de Ouro 2013 - Os melhores e piores momentos

Na noite deste domingo (13), aconteceu a entrega do Globo de Ouro aos melhores do cinema e da televisão, segundo a Hollywood Foreign Press Association. Entre os grandes destaques da noite, a vitória de “Argo” nas categorias de Melhor Filme (Drama) e Melhor direção pegou muitos de surpresa, especialmente após o anúncio dos indicados ao Oscar 2013.

“Os Miseráveis” também triunfou na categoria de Melhor Filme (Comédia/Musical), superando o filme “O Lado Bom da Vida”, dirigido por David O. Russell. Anne Hathaway e Hugh Jackman foram premiados nas categorias de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Ator (Comédia/Musical).  Confira abaixo os melhores e piores momentos do Globo de Ouro 2013.

Os melhores momentos...

As apresentadoras
Tina Fey e Amy Poehler ganharam a simpatia do público logo no início com piadas sobre James Cameron, Ricky Gervais e Daniel Day-Lewis.  Elas também brincaram com os convidados durante a entrega do prêmio de Melhor Atriz em Seriado (Comédia/Musical), onde ambas estavam indicadas. Infelizmente a Hollywood Foreign Press Association reduziu o tempo dedicado ao mestre de cerimônias nesta edição, talvez devido às criticas acumuladas nos últimos dois anos por Ricky Gervais.

Adele
Sem nenhuma grande surpresa, Adele recebeu o Globo de Ouro por Melhor Canção Original (Skyfall). Mas parece que a cantora não acreditava na sua vitória. Adele se demonstrou surpresa em ganhar o prêmio e por estar em volta de grandes estrelas do cinema. Seu discurso entusiasmado e humilde arrancou boas risadas na platéia.

Aparição surpresa
Quando Bill Clinton entrou no palco para apresentar “Lincoln”, a platéia imediatamente se levantou para aplaudir o presidente queridinho de Hollywood. O momento não passou em branco para a mestre de cerimônias Amy Poehler que com muito entusiasmo comentou: “É o marido da Hilary Clinton!”

O discurso da noite
Jodie Foster certamente não economizou ao receber o Cecil B. DeMille Award, por sua carreira de 47 anos no cinema. Ela comentou sobre seus esforços em manter sua vida privada longe dos holofotes e comentou que nunca pisará em um palco novamente, fazendo mistério sobre o seu próximo projeto longe das câmeras.

A turma do SNL
Will Ferrell e Kristen Wiig aproveitaram para brincar com as indicadas na categoria de Melhor Atriz (Comédia Musical). Em um ano fraquíssimo para a comédia no cinema, as atrizes indicadas não protagonizaram personagens espetaculares. Ao mencionarem a personagem de Meryl Streep em “Um Divã para Dois” (Hope Springs), seu companheiro de cena, Tommy Lee Jones, não ficou muito entusiasmado com a dedução dos apresentadores.

Momento “Django Livre”
Além de Christoph Waltz ganhar o prêmio disputadíssimo da categoria de Melhor Ator Coadjuvante. Quentin Tarantino também ficou surpreso com a sua vitória na categoria de Melhor Roteiro. Com um discurso irreverente, o cineasta vendeu entusiasmo ao dedicar o prêmio ao elenco e seus amigos.

A vingança de Affleck
O filme dirigido por Ben Affleck e produzido por George Clooney ganhou um novo impulso após ser esnobado nas indicações do Oscar. Apesar de concorrer na categoria de Melhor Filme, Affleck não foi indicado a Melhor Diretor. A Academia procura sempre premiar o mesmo filme nas duas categorias. E agora?

Os piores momentos...

A música que interrompeu Daniel Day-Lewis
Discursos longos costumam ser cortados por todas as premiações e nem mesmo Daniel Day-Lewis foi poupado deste momento constrangedor. Quando ele estava finalizando seu discurso e agradecendo Steven Spielberg, ele foi interrompido pela música que ninguém gosta de ouvir e não conseguiu concluir a sua frase.

Momento “Os Miseráveis”
Com um copo de wisky na mão, o comediante Sacha Baron Cohen foi o escolhido para apresentar o vencedor de Melhor Animação, mas ele aproveitou para fazer piada de seus companheiros de cena de “Os Miseráveis”. Ele comentou a performance musical de Russell Crowe no filme, que foi muito criticada e também sugeriu que Helena Bonham Carter deu ao presidente da Academia uma massagem com um final mais feliz do que o retratado no filme. 

Sem graça
Algumas combinações de apresentadores não deram certo. Por exemplo: Megan Fox e Jonah Hill e Salma Hayek e Paul Rudd. Mais estranho ainda foi Michael Haneke (Amor) receber o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro das mãos de Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone.

A ausência
Meryl Streep, Ed Harris e Maggie Smith não estavam presentes para receberem seus prêmios.

Os vencedores do Globo de Ouro 2013

Melhor filme (drama)
Argo

Melhor filme (musical / comédia)
Os Miseráveis


Melhor ator (drama)
Daniel Day-Lewis - Lincoln

Melhor atriz (drama)
Jessica Chastain - A Hora Mais Escura

Melhor ator (musical / comédia)
Hugh Jackman - Os Miseráveis

Melhor ator coadjuvante
Christoph Waltz - Django Livre

Melhor atriz coadjuvante
Anne Hathaway - Os Miseráveis

Melhor atriz (musical / comédia)

Jennifer Lawrence - O Lado Bom da Vida

Melhor roteiro
Quentin Tarantino - Django Livre

Melhor diretor
Ben Affleck - Argo

Melhor longa animado
Valente

Melhor Filme Estrangeiro
Amor (Áustria)

Melhor trilha sonora original
Mychael Danna -As Aventuras de Pi

Melhor canção original
"Skyfall" - 007 - Operação Skyfall

Melhor série (comédia / musical)
Girls

Melhor atriz em série musical ou de humor
Lena Dunham - Girls

Melhor série (drama)
Homeland

Melhor ator em série dramática
Damian Lewis - Homeland

Melhor atriz em série dramática
Claire Danes - Homeland

Melhor ator em série musical ou de humor
Don Cheadle - House of Lies

Melhor minissérie ou telefilme
Game Change

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme
Maggie Smith - Downton Abbey
 
Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

Ed Harris - Game Change

Melhor atriz em uma minissérie ou telefilme
Julianne Moore - Game Change

Melhor ator em uma minissérie ou telefilme
Kevin Costner - Hatfields & McCoys


IMAGENS: GTTYIMAGES



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


5 comentários on “Cobertura Globo de Ouro 2013 - Os melhores e piores momentos

    1. Gostava do Ricky Gervais, mas esta dupla de apresentadoras resultou mesmo muito bem. Conhecem-se, complementam-se e souberam quando arriscar sem parecerem ofensivas.

      http://onarradorsubjectivo.blogspot.pt/

      ResponderExcluir
    2. Gostei desse Globo de Ouro, Tarantino, Affleck, Waltz, Day-Lewis, Amour e Argo! Foram sóbios!

      ResponderExcluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    4. Também adorei as apresentadoras! Seria ótima repetir a dose no ano que vem.

      ResponderExcluir
    5. Achei bem estranha a falta de menções ao trabalho de Samuel L. Jackson em Django. Preciso e arrebatador. Abraços

      www.dicaselistas.blogspot.com

      ResponderExcluir

    Sua opinião é muito importante!