DESTAQUES
Pesquisar

Crítica - Cairo Time (Meus dias no Cairo - 2009)

Sinopse: Juliette viaja sozinha ao Egito para encontrar seu marido que trabalha em um campo de refugiados no Oriente Médio. Enquanto ela aguarda a chegada do esposo em seu hotel, Tareq se torna responsável por acompanhar Juliette em sua visita por Cairo. Mas em meio das belas paisagens do Egito, ela se envolve num romance com o melhor amigo de seu marido e desenrola um breve affair sob o sol do Oriente Médio.
"Cairo Time" é um filme dirigido pela cineasta canadense Ruba Nadda e protagonizado pela adorável Particia Clarkson, uma das melhores atrizes ainda na ativa, mas que raramente interpreta protagonistas em grandes filmes do cinema norte-americano.

O filme apresenta uma história suave e foge dos clichês do gênero de romance. São dois personagens maduros dividindo belos momentos no Egito, com cenários e trilha sonora de tirar o fôlego. O ritmo do filme é muito tranquilo e pode até ser taxado de zen, é por isso que não recomendo "Cairo Time" para quem gosta de filmes mais agitados.

Apesar de todo o caos urbano de Cairo, Ruba Nadda trouxe muita delicadeza para o filme, é possível sentir uma atmosfera feminina e um ar de sofisticação em sua direção. A cineasta soube explorar o clima místico, com texturas e paisagens que fazem o espectador fantasiar com o Oriente Médio.

É possível afirmar que o filme faz justiça ao gênero de romance e também à Patricia Clarkson. Ela é uma das poucas atrizes da sua geração que se transformou em sinônimo de elegância, mistério e delicadeza, provando seu talento e a sua presença indispensável em "Cairo Time".

O filme é um cartão de visitas para a capital do Egito e vale destacar o papel fundamental de Cairo no filme. A cidade atua como um dos protagonistas da trama dirigida por Ruba Nadda, que fez uma clara homenagem ao Egito. Só faltou mudar o título do filme para "Cairo, I Love You". 




nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


3 comentários on “Crítica - Cairo Time (Meus dias no Cairo - 2009)

    1. Patricia Clarckson é uma excelente atriz, mesmo eu não tendo visto muitos filmes com ela. O filme me interessou,gosto de filmes mais tranquilos, rs

      []s

      ResponderExcluir
    2. JÚRI DE CINÉFILOS


      Olá.

      O CINEBULIÇÃO o convida para fazer parte de um grupo de cinéfilos cuja intenção é votar e elencar temas relacionados à Sétima Arte para serem votados. Como Editor do blog, o meu objetivo é juntar um grupo de blogueiros que escrevem sobre cinema, para poder contar com eles a cada Lista que o CINEBULIÇÃO fizer. Caso aceite o convite, sua participação será a de jurado efetivo, ou seja, toda vez que eu for organizar uma lista, você será comunicado previamente, informado das regras e do prazo de entrega. A frequência das listas no CINEBULIÇÃO é de uma por mês ou por bimestre, dependendo da pauta diária do blog. Ao aceitar, você se compromete em participar de todas as listas para as quais for informado, exceto na ocorrência de sérios imprevistos; e também terá o seu nome, bem como a indicação do seu blog na lista de JURADOS CINÉFILOS do CINEBULIÇÃO.

      Se não for aceitar o convite, por favor, não publique esse comentário.

      Se for aceitar, envie um e-mail para: LULGO1@HOTMAIL.COM com os seguintes dados:

      Título do e-mail: CONVIDADO PARA O JÚRI

      Nome: (coloque o nome que você usa para assinar suas postagens no seu blog, ou seu nome completo, ou pseudônimo com o qual queira participar do Júri. Lembrando que apelidos libidinosos do tipo “Gatinha Manhosa” ou “Morenão Sarado” não serão aceitos).

      E-mail oficial: (coloque o e-mail que você checa diariamente. É para ele que serão enviadas as regras para a primeira lista, e todos os outros comunicados do Júri).

      Mini-currículo: (ou a chamada “sessão EGO”. Faça um pequeno apanhado das suas atividades, preferências cinematográficas, etc. Não coloque as empresas para as quais trabalhou ou seus desejos ocultos. Lembre-se que esse mini-currículo será exibido logo abaixo do seu nome, na lista dos Jurados.)

      Cidade e Estado onde reside: (acho que não é necessário explicar isso. Mas por vias das dúvidas, vai lá: você deve colocar a cidade que você mora, ex.: Recife; e o Estado, nesse caso, Pernambuco.

      Caso não responder a esse convite até o dia 31/01/2011, seu convite para a participação do Júri de Cinéfilos do Cinebulição será anulado.

      Um abraço. Obrigado.

      E parabéns pelo convite. Isso é sinal de que respeito e aprecio sua opinião sobre cinema e o seu trabalho no blog.

      p.s.: caso o seu blog tenha mais um editor além de você, será permitida a candidatura desses também. Ele, ou eles, devem seguir as mesmas regras que você. NÃO SERÃO ACEITOS E-MAILS COM MAIS DE UMA APRESENTAÇÃO DE CONVITE.

      ResponderExcluir
    3. Anos se passaram e só agora assisti esta jóia de filme. Linda Cairo como cenário. Me encantei com a Juliette e o Farad (?)
      . Mas tudo, gestos, olhares e atitudes achei super sensual. Sensualidade pura. Só o marido no fim não encaixou. ����������

      ResponderExcluir

    Sua opinião é muito importante!