DESTAQUES
Pesquisar

Cineastas criticam escolha de "Lula, o Filho do Brasil"

Cineastas criticam escolha de "Lula, o Filho do Brasil" para concorrer a vaga no Oscar. Fernando Meirelles avaliou que o personagem retratado pode ter pesado na decisão, principalmente para os votantes americanos que não estão acompanhando este patético final de carreira do presidente."Ver seu incrível início de trajetória tem interesse, sem dúvida. Não sei se foi um pensamento que passou pela cabeça dos jurados que escolheram o filme, mas me parece fazer sentido para um grupo que buscava um filme que pudesse ter um apelo a mais."

Sandra Werneck diz que a conotação política esteve colocada desde o lançamento do filme. "Lula é bem visto fora do Brasil como um líder, é um presidente bem aceito internacionalmente." Ela acha que Lula é uma das coisas do Brasil que os norte-americanos conhecem. Mas critica a escolha baseada em vencedores anteriores da disputa. "Apesar de ser um filme de narrativa clássica, foi preparado para ser um filme-evento. No histórico do Oscar, são os filmes autorais quem mais ganham. A gente nunca consegue chegar lá."

Nesse sentido, Leon Cakoff, que integrou a comissão e dirige a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, tem uma opinião parecida. "Certamente, 'Lula' não é o melhor filme do ano. O critério é chegar mais perto de uma boa repercussão. Mas a premiação tem um retrospecto de filmes densos. Não acho que esse seja o caso. É uma falha da produção brasileira que temos de sanar." (via Folha Ilustrada).

Agora não adianta mais criticar. Depois do que li nos sites de cinema sobre a escolha da Cinemateca Brasileira e que ela foi unânime, não resta o que dizer, fica só a nossa indignação. Concordo com o comentário de Sandra Werneck, escolheram o filme pela imagem política do Lula, não pela qualidade.

Mais uma vez, o papel do cinema nacional foi descartado internacionalmente, acho que todos os cinéfilos sabem que "Lula, O Filho do Brasil" não tem grandes chances de se classificar entre os 5 indicados na categoria de melhor filme estrangeiro. Mesmo assim é frustrante ver que ano após ano, o Brasil não produz filmes dignos aos grandes prêmios de cinema internacionais. Dos últimos 10 anos, vale destacar apenas produções como: "Cidade de Deus", "Lavoura Arcaica", "Estômago", "Olga", "À Deriva" e "O ano que meus pais saíram de férias".



nanomag

Publicitária, cinéfila e blogueira nas horas vagas. Vivo em Curitiba, sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e membro da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.


0 comentários on “Cineastas criticam escolha de "Lula, o Filho do Brasil"

    Sua opinião é muito importante!